No fim dos anos sessenta, foi criada, nas instalações do BES em Alcântara, a classe de Karate, integrada no Grupo Cultural e Desportivo dos Trabalhadores do Banco Espírito Santo (BES), que, uns anos mais tarde, se mudou para a actual morada, na R. Boqueirão do Duro, nº. 12, a meio caminho entre a R. de D. Luís I e a Av. 24 de Julho. 

O clube foi um dos principais participantes na formação da Associação Murakami-kai-Shotokai de Portugal, sob a designação de Escola Murakami (G.C.D.T.- BES). Presentemente, está filiado na PKS-Associação Portugal Karate-Do Shotokai, recentemente formada, na génese da qual teve um papel preponderante.

Embora, como o nome indica, o clube seja dedicado aos trabalhadores do BES, desde sempre as suas modalidades desportivas e culturais, incluindo o Karate-Do, estiveram abertas ao público em geral.
As aulas de Karate-Do funcionaram 11 meses por ano, desde o seu início e foram dirigidas, desde a sua fundação, pelo Sensei Mário Sacadura Rebola, 5º Dan da Nihon Karate-Do Shotokai (NKS), com duas interrupções, em que a responsabilidade das aulas esteve a cargo dos Professores António Lima e, mais tarde, José Pascoalinho Pereira, detentor da graduação de 5º. Dan da Nihon Karate-Do Shotokai.
Presentemente as aulas são orientadas pelo Professor Francisco José, detentor da graduação de 5º Dan Nihon Karate-Do Shotokai.
Escola Murakami (Grupo Cultural e Desportivo BES)
Nihon Karate Do Shoto Kai
(Membro oficial)


Os Mestres

Tetsuji Murakami
Desenvolvido por: Joaquim Trindade
© 2015 -2019, PKS - Associação Portugal Karate-Do Shotokai