Kime
Kime, infinitivo do verbo kimeru (decidir, fixar) é um termo bastante usado em karate para definir tanto a correcta componente física como mental na execução das diversas técnicas. Uma técnica com kime, quer seja um ataque quer uma defesa, é a que reúne condições como postura correcta, decisão e concentração num ponto (o ponto de impacto,) de toda a força física e anímica, numa fracção mínima de tempo. Para melhor compreensão do kime, lembremo-nos da focagem da luz solar num ponto, por meio de uma lente. Os raios de luz concentrados nesse ponto acumulam uma energia tal que conseguem queimar objectos duros como madeira ou até metal. No entanto, um milímetro para lá ou para cá desse ponto, os raios de luz são ineficazes.

Em diversos manuais de Karate lê-se que, no instante do kime, se deve contrair todos os músculos do corpo. No Shotokai, pensamos que contrair músculos não necessários à execução da técnica é provocar a dispersão da força, em vez de, como o termo kime significa, fixar, focar essa força num ponto.

Na execução de um kata, o kime distingue-se pela definição das técnicas, permitindo ao observador distinguir onde acaba uma e começa outra, por oposição a um encadeamento confuso no qual não só não se distingue o começo e fim da técnica, como, por vezes, a mesma não é sequer terminada.

Kime, ki, kiai e hara estão, como se viu, estreitamente ligados e o praticante que deseja evoluir deve ter sempre presentes estes factores e a sua intercorrelação.
Nihon Karate Do Shoto Kai
(Membro oficial)


Os Mestres

Tetsuji Murakami
Desenvolvido por: Joaquim Trindade
© 2015 -2019, PKS - Associação Portugal Karate-Do Shotokai